SADC CELEBROU “DIAS DOS MÁRTIRES DO CUITO CUANAVALE”

O 23 de Marco, Dia da Libertação da África Austral, foi celebrado Sábado, na localidade do Cuito Cuanavale, teatro das operações militares, onde em 1988 foi travada a batalha decisiva, que ditou o fim do regime segregacionista do “apartheid” na África do Sul e, concumitantemente, a independência da Namíbia.

Após ter sido unanimemente consagrada como uma efeméride a ser celebrada pelos 15 estados-membros desta importante organização da subregião do continente africano e ter sido adotada pela Assembleia Nacional como feriado, quis o Presidente da República, João Manuel Gonçalves Lourenço, que o primeiro aniversário desta data (23 de Março) fosse comemorado em Angola e, exactamente no cenário do histórico acontecimento – Cuito Cuanavale- província do Cuando Cubango.

E como não há festa sem convidados, o Presidente João Lourenço convidou os 14 homólogos, dos quais pelo menos quatro prestigiaram o acto com suas presenças.

Hage Geingob (Namíbia), Emmerson Mnangagwa (Zimbábwe), Felix Tshisekedi (RDC) e Denis Sassou Nguesso (República do Congo) foram os estadistas presentes.

Outros, que também disseram sim ao convite do Presidente João Lourenço, não vieram, por razões de agenda, mas fizeram-se representar ao mais alto nível, por intermédio de vice-presidentes e ministros.

Como a célebre batalha do Cuito Cuanavale não envolveu só guerrilheiros e povos da África Austral, o convite do estadista angolano estendeu-se para além das fronteiras africanas. É assim que se deslocaram ao Triângulo do Tumpo, no Cuito Cuanavale, entidades políticas vindas da Europa, da América, da Ásia e da Oceania, além do corpo diplomático acreditado em Angola.

No seu discurso, o Chefe de Estado angolano, João Manuel Gonçalves Lourenço, enalteceu a bravura, tenacidade e sentido patriótico dos soldados e comandantes, que não olharam a meios nem às dificuldades para alcançarem o fim último: derrotar o invasor e conquistar a liberdade para os povos de Angola, da Namíbia, do Zimbábwe, da África do Sul e, concumitantemente, da Região Austral.







0