SECRETÁRIA EXECUTIVA DA COMISSÃO ECONÓMICA DAS NAÇÕES UNIDAS PARA ÁFRICA VISITA ANGOLA

REPÚBLICA DE ANGOLA
MINISTÉRIO DAS RELAÇÕES EXTERIORES
GABINETE DE COMUNICAÇÃO INSTITUCIONAL E IMPRENSA

NOTA À IMPRENSA

O Gabinete de Comunicação Institucional e Imprensa do Ministério das Relações Exteriores informa aos Órgãos de Comunicação Social, para efeitos de divulgação e cobertura, que chega à Luanda, ao princípio da tarde desta Quinta-feira, dia 16 de Maio, a Secretária Executiva da Comissão Económica das Nações Unidas para África (CEA), S.Exª Vera Songwe, para uma visita a Angola de 16 a 19 do corrente mês.

A vinda à Luanda da Secretária Executiva da CEA tem como objectivo manter encontros com membros do Executivo, com os quais pretende identificar estratégias para a diversificação da economia angolana, em particular nas áreas da industrialização e das cadeias de valor agrícola, assim como a respectiva relação com o agro-comércio.

De acordo com a agenda de trabalho, Vera Songwe deverá ser recebida em aduiência, na manhã de Sexta-feira, dia 17, por Sua Excelência o Presidente da República, João Manuel Gonçalves Lourenço.

Durante a sua abordagem com membros do Executivo angolanao, a responsável da Comissão Económica da ONU para África vai igualmente procurar compreender as especificidades do plano energético de Angola, a fim de melhor potencializar o apoio técnico da CEA ao Ministério da Energia e Águas, que já está em curso.

Analisar as modificações macro-económicas actualmente em curso no continente; aferir a natureza da assinatura e ratificação do Acordo da Zona de Livre Comércio Africana (ZCLA) e o seu significado nos contextos nacional, sub-regional e continental deverão ser também matéria de abordagem entre aquela diplomata e as entidades angolanas.

Angola mantém uma relação com a Comissão Económica das Nações Unidas para África (CEA) que carece de novo impulso, a julgar pela identificação pelas partes de áreas susceptíveis de criarem oportunidades para uma cooperação bilateral activa e abrangente.

Em Novembro de 2014, uma delegação angolana visitou a CEA, em Adis Abeba, Etiópia, para discussões sobre como incrementar a cooperação bilateral.

As partes acordaram colaborar na diversificação e no crescimento inclusivo da economia em Angola, bem como no aumento do envolvimento deste país na integração regional e nas iniciativas estratégicas do continente.

Em Janeiro de 2016, à margem da Cimeira da União Africana, em Adis Abeba, o então Secretário de Estado para as Relações Exteriores de Angola, Manuel Domingos Augusto, e o antigo Secretário Executivo da CEA, Carlos Lopes, mantiveram um encontro de trabalho, durante o qual discutiram o Decreto Presidencial aprovado em finais 2015 sobre a cooperação entre a República de Angola e a CEA.

A Comissão Económica das Nações Unidas para África (CEA) tem como função apoiar os Estados-membros no desenvolvimento de políticas macro-económicas para o continente, em articulação com os seus planos nacionais de desenvolvimento socio-económico.

Na sua qualidade de “think tank” e dentro da sua componente técnica, a CEA e as suas diferentes divisões que a constituem têm a função de providenciar apoio técnico nas políticas económicas que permitam aos Estados-membros a sua articulação com as Agendas 2030 e 2063; planos nacionais e a sua integração às Agendas 2030 e 2063, sobretudo aquelas que os Governos dos países membros considerem prioritárias nos seus respectivos planos de desenvolvimento.

A visita a Angola de Vera Songwe termina Domingo, dia 19 do mês em curso.

GABINETE DE COMUNICAÇÃO INSTITUCIONAL E IMPRENSA DO MINISTÉRIO DAS RELAÇÕES EXTERIORES, em Luanda, 16 de Maio de 2019.

O DIRECTOR
ESTEVÃO ALBERTO

0