ENTRADA DE ANGOLA À ZONA DE COMÉRCIO LIVRE ESTÁ PARA BREVE


O ministro das Relações Exteriores, Manuel Augusto, afirmou domingo, na cidade de Niamey, Níger, estar em curso o processo de ratificação de Angola à Zona de Comércio Livre Continental Africana (ZCLCA).
O chefe da diplomacia angolana falava à Angop momentos após o encerramento da 12.ª Cimeira Extraordinária da União Africana (UA), onde representou o Chefe de Estado, João Lourenço.
“Angola fará a ratificação do acordo num futuro muito breve”, garantiu o ministro, salientando que o processo encontra-se em andamento, estando já calendarizada a discussão deste dossier pela Assembleia Nacional.
Manuel Augusto lembrou que Angola foi o terceiro país a assinar o tratado, pelo Presidente da República, João Lourenço, em Kigali, Rwanda, a 21 de Março de 2018.
“Cabe agora aos deputados à Assembleia Nacional interpretarem os sentimentos e as necessidades de Angola, no âmbito da sua inserção no continente”, esclareceu o ministro, acrescentando que este passo vai permitir ao Executivo a deposição dos instrumentos a serem ratificados na União Africana.
A ZCLCA pretende estabelecer o maior mercado do mundo, com um Produto Interno Bruto (PIB) acumulado, que pode chegar aos 2,5 biliões de dólares norte-americanos. A UA acredita que o acordo vai levar a um aumento de 60 por cento do comércio dentro do continente até 2022.
Ainda no final da 12.ª Cimeira Extraordinária da UA, Manuel Augusto destacou o empenho da Nigéria, por ter aderido de imediato à ZCLCA.

Niamey, 09 de Julho de 2019
Fonte: Jornal de Angola

0