NOVOS QUADROS SENIORES DO MIREX

REPÚBLICA DE ANGOLA
MINISTÉRIO DAS RELAÇÕES EXTERIORES

Gabinete de Comunicação Institucional e Imprensa

Momentos da cerimónia de posse, hoje, dos novos quadros seniores do Ministério das Relações Exteriores.
O Ministro das Relações Exteriores, Téte António conferiu posse aos seguintes funcionários, que nomeou, no uso das suas prerrogativas constitucionais e por conveniência de serviço:

-Embaixador Colense Sebastião de Sousa, para o cargo de Director do Gabinete do Ministro das Relações Exteriores;

-Albertina da Glória Chissenda Cassule Castellana, para o cargo de Directora Adjunta do Gabinete do Ministro das Relações Exteriores;

-Ministro Conselheiro Felisberto dos Prazeres Martins, para o cargo de Director do Gabinete da Secretária de Estado para as Relações Exteriores;

-Embaixador Adão Pinto, para o cargo de Consultor do Gabinete do Ministro das Relações Exteriores;

-Primeiro Secretário Almeida Lusitu, para o cargo de Consultor do Gabinete do Ministro das Relações Exteriores;

-Primeiro Secretário Desiré NGombo Zinga, para o cargo de Consultor do Gabinete do Ministro das Relações Exteriores;

-Primeiro Secretário Sebastião João Tomás, para o cargo de Consultor do Gabinete da Secretária de Estado para as Relações Exteriores; e

-Segundo Secretário Domingos César Correia, para o cargo de Consultor do Gabinete da Secretária de Estado para as Relações Exteriores.

Ao intervir na cerimónia de posse, disse que tinha um conselho a dar aos novos quadros. Citou o político americano, Thomas Jefferson que dizia que: “um funcionário público deve considerar-se coisa pública”.

“Este é o espírito que espero dos membros do meu Gabinete, e acredito que é um espírito partilhado por todos”, disse o Ministro.

“Auguro que tenhamos espírito de equipa, pois os nossos nomes e títulos individualmente não significam nada. Não podemos fazer nada sem os outros”.

Para ele, o que realmente significa alguma coisa é esta Angola que queremos construir, apoiando a acção governativa do Presidente da República, João Manuel Gonçalves Lourenço”.

O Chefe da diplomacia angolana asseverou ainda que as pessoas devem valer pela sua capacidade, pela sua determinação; mas sobretudo pela sua moralidade.

Por isso, prosseguiu o Ministro, “ gostaria de ter um Gabinete onde as pessoas não são obrigadas a dar muita volta para falar com um colega ou conseguir uma informação”. “Um Gabinete que não “repita as palavras que eu não disse, nomeadamente o Chefe disse, o Chefe pensa. Gostaria de exprimir eu próprio o que penso das pessoas”.

A finalizar, destacou a presença de muitos jovens na equipa.

Para isso, citou as palavras de um Presidente africano segundo as quais: “ser jovem não é só um problema biológico; é também um problema ideológico”.

De acordo com o Ministro, a Juventude nos traz novos instrumentos, novas ferramentas, que não existiam nos nossos tempos.

“Isto dá-nos muita energia. Mas fora destes instrumentos também precisamos da parte ideológica que é o patriotismo e os valores morais, que é para todos nós fazermos uma equipa que realmente possa representar a grande família do MIREX que todos almejamos”, concluiu Sua Excelência Téte António, Ministro das Relações Exteriores.

Luanda, 29 de Abril de 2020.

Estevão Alberto
Director


0