FÓRUM DE NEGÓCIOS ANGOLA-JAPÃO LUANDA, 9 – 11 DE MARÇO DE 2015

A Embaixada da República Angola no Japão em estreita colaboração com o Ministério da Economia da República de Angola realizou em Luanda de 9 à 11 de Março de 2015 o segundo Fórum de Negócios Angola-Japão. O referido evento surge na sequência do Fórum de Negócios Angola-Japão realizado em Tóquio no dia 4 de Setembro de 2013.

Da esquerda à direita: S.E Augusto da Silva Tomas, Ministro dos Transportes, S.E José Maria Botelhos de Vasconcelos, Ministro dos Petróleos, S.E. Abrahão Pio dos Santos Gourgel, Ministro da Economia.
Da esquerda à direita: S.E Augusto da Silva Tomas, Ministro dos Transportes, S.E José Maria Botelhos
de Vasconcelos, Ministro dos Petróleos, S.E. Abrahão Pio dos Santos Gourgel, Ministro da Economia.

O Fórum foi caracterizado por intervenções de membros do governo angolano nomeadamente o Ministro da Economia, Ministro da Agricultura, Ministro dos Transportes, Ministro do Turismo, Ministro da Energia e Águas, Ministro da Indústria, Ministro da Geologia e Minas, Secretário de Estado para as Relações Exteriores, Secretária de Estado para a Cooperação e a PCA da Agência Nacional de Investimento Privado.

O evento teve como objectivos principais: 1) Proporcionar uma oportunidade às empresas japonesas para constatarem as enormes oportunidades de negócios que Angola oferece nos diversos sectores da sua economia; 2) Proporcionar uma oportunidade às empresas japonesas para interagirem directamente com os Ministros que tutelam os sectores dos seus interesses económicos e 3) Proporcionar uma oportunidade para maior interacção entre homens de negócios, instituições financeiras e agências da promoção de investimentos dos dois países.

image003

O fórum de negócios congregou mais de 300 participantes do sector público e privado. A delegação japonesa foi encabeçada pelo Embaixador Norio Maruyama, Director-Geral do Departamento dos Assuntos Africanos no Ministério dos Negócios Estrangeiros e composta por 124 homens de negócios e oficiais representando o Banco Japonês para a Cooperação Internacional (JBIC), Agência Japonesa para a Cooperação Internacional (JICA), Organização Japonesa para o Comércio Externo (JETRO), Empresa Japonesa de Seguros de Exportações (NEXI), Federação das Organizações Económicas do Japão (Keidanren) assim como 34 empresas.

Embaixador Maruyama troca impressões com S.E. Secretário de Estado das Relações Exteriores, Manuel Augusto
Embaixador Maruyama troca impressões com S.E. Secretário de Estado das Relações Exteriores, Manuel Augusto

O primeiro dia do fórum consistiu principalmente em apresentações sobre as oportunidades de negócios em Angola enquanto o segundo e o terceiro dia foram reservados para reuniões bilaterais entre Ministros e PCAs de empresas públicas com os homens de negócios do Japão. Estas reuniões serviram de excelentes oportunidades para os homens de negócios japoneses apresentarem directamente aos dirigentes do governo o know-how das suas respectivas empresas, algo que poderá ter um papel importante no Plano de Desenvolvimento Nacional de Angola (PND) assim como na diversificação de sua economia.

Podemos assim dizer que o Fórum de Negócios Angola-Japão foi um grande sucesso considerando que o mesmo abriu uma nova página nos laços bilaterais Angola-Japão. A Embaixada da República Angola no Japão continuará a trabalhar com todas as partes interessadas, seja em Angola ou no Japão, para que resultados tangíveis do fórum possam ser alcançados num futuro breve.