CONQUISTAS DA INDEPENDÊNCIA SÃO MARCOS INDELÉVEIS DA “NOSSA HISTÓRIA”

10 de Novembro de 2021
César Esteves-Jornalista

As conquistas da Independência Nacional e da paz são marcos indeléveis da “nossa história, razão pela qual os desafios para manter as suas conquistas, construir a unidade nacional e edificar uma Nação reconciliada devem ser permanentes e fazer parte do nosso quotidiano”, defendeu o Presidente da República, João Lourenço.

Presidente da República, João Lourenço. © Fotografia por: DR

O Chefe de Estado fez este apelo esta quarta-feira (10) durante a sua mensagem à Nação por ocasião do 46.º aniversário da Independência Nacional, que se assinala esta quinta-feira (11).

De acordo com João Lourenço, o dia 11 de Novembro deve ser de festa, vitória, esperança, de glória e reflexão acerca do “nosso percurso glorioso” e sobre o muito que se tem pela frente, para se vencer os desafios do nosso tempo.

O Presidente da República considera, também, ser um momento de acreditar, lutar e trabalhar, “arduamente”, para se vencer a batalha do desenvolvimento.

“Este é, por isso, um momento de reconhecimento e de gratidão a todos os que, desde os tempos mais remotos do início da colonização, lutaram, suaram, verteram o seu sangue e deram as suas vidas para que, das trevas da noite, nascesse à luz da liberdade”, destacou.

O Presidente ressaltou que a ocupação colonial foi o primeiro grande teste à nossa capacidade de resistência, à destemida capacidade de lutar pelos nossos direitos e objectivos, à inquebrantável união perante os grandes desafios e a firme vontade de vencer.

O Chefe de Estado defendeu ainda que as conquistas da Independência e da paz devem encher de orgulho cada angolano e encorajá-lo para enfrentar o “longo caminho” existente pela frente, para vencer os desafios do nosso tempo.

“Temos um passado que nos orgulha e nos impele para a construção de um futuro melhor”, realçou João Lourenço.

Fonte: Jornal de Angola