Polónia disponibiliza USD 100 milhões para sectores da economia

Assinatura do Memorando de Entendimento entre o Ministério das Finanças e o BGK

Cem milhões de dólares norte-americanos é o valor disponibilizado pelo Banco Estatal de Desenvolvimento da Polónia (BGK) à República de Angola, para financiar projectos dos sectores das pescas, agricultura, transportes e outras áreas estruturantes da economia nacional.

Trata-se do primeiro financiamento deste banco para o país, enquadrado numa linha de crédito de longo prazo, cujos termos de condições deverão basear-se no estabelecimento do Acordo sobre Créditos à Exportação.

Para a concretização deste financiamento, que visa igualmente assegurar o desenvolvimento da cooperação frutífera entre os dois países, o Ministério das Finanças e o BGK celebraram nesta terça-feira, em Luanda, um Memorando de Entendimento, com objectivo de ampliar e expandir as relações entre as duas economias.

O documento estabelece os termos e as condições gerais que regerão cada facilidade individual de financiamento, sendo que as condições específicas e inerentes de cada acordo estarão sujeitas à aprovação do BGK, da Agencia de Crédito à Exportação da Polónia e de Angola, segundo o embaixador polaco em Angola, Piotr Mysliwiec.

Na ocasião, o embaixador afirmou que a execução dos projectos de investimento público estará a cargo de empresas de origem polaca, na qualidade de empresas contratadas ou subcontratadas, enquanto a escolha áreas para financiamento será da responsabilidade de Angola.

A assinatura do documento coube ao director da Unidade de Gestão da Dívida do Ministério das Finanças, Osvaldo João, e o director do BGK, Arkadiusz Zablotonski, e testemunhado pelo secretário de Estado do Tesouro, Mário de Nascimento, entre outras entidades polacas e angolanas.

Fonte: ANGOP

0